Segurança 12 de Janeiro de 2017 - 08:31:29

Boto é encontrado morto em Laguna

Foto: Divulgação / DS

Foto: Divulgação / DS

Um dos botos já conhecidos pela interação com os pescadores em Laguna foi encontrado morto na noite de terça-feira. Diversos indícios, segundo os pesquisadores da Udesc, apontam que a morte ocorreu de forma natural. Outro boto da espécie nariz-de-garrafa (Tursiops truncatus) havia sido encontrado morto, em Laguna em dezembro.

Pedro Castilho, coordenador do projeto Monitoramento de Praias e pesquisador da Udesc, afirma que a autópsia foi realizada e foram encontradas apenas marcas naturais da socialização do animal ao longo da vida e do próprio transporte após a morte. 

A autópsia revelou ainda que o animal não comia há alguns dias, o que indica um estado de pré-morte, e que os dentes eram muito desgastados, o que demonstra que o animal era mais velho. Ele foi identificado como um dos botos bastante conhecidos pela população de Laguna, que já era monitorado há cerca de 30 anos. 

O boto tinha 3,68 metros de comprimento, sendo o maior animal da espécie identificado no local até hoje, pesava em torno de 400 kg e era um macho. Ele foi encontrado entre as Ilhas dos Lobos e a ponta da Pedra do Frade. O boto não apresentava indícios de emalhe por redes. 

“Algumas pesquisas ainda serão feitas e devemos ter mais dados futuramente, mas o corpo estava já em um adiantado estado de decomposição, o que dificulta alguns estudos, mas podemos afirmar que era um animal mais velho”, comenta Pedro. 

Ele destaca que a população dos animais vem se renovando. “Recentemente, avistamos três filhotes da espécie, o que comprova que a renovação vem ocorrendo”, pontua.

Com informações do Jornal Diário do Sul

No Sul in Foco o anúncio da sua empresa pode ter mais 1 milhão de visualizações por mês. ANUNCIE
(48) 9692-2444 / (48) 9692-2425 / (48) 9974-0192
Sul in Foco - Portal de Notícias - Todos os direitos reservados © 2015
http://www.coopercocal.com.br/site/